Buscar
  • PM

WandaVision: Como o final prepara o filme de Dr. Strange 2

O teu apoio ajuda a manter o site online e a crescer ainda mais. Podes apoiar através do nosso Patreon, do Buy me a Coffee ou através de um Donativo. Obrigado pelo apoio!

Atenção: Este artigo contém spoilers para o final da WandaVision!

wandavision

O episódio final de WandaVision chegou, e há muito para descomprimir. O final da série coloca Wanda Maximoff contra Agatha Harkness, e nem todos os personagens permanecem de pé quando a pó desaparece e o Hex é dissolvido.


Se o final confundiu quanto à personagem que Evan Peters está realmente a interpretar e como tudo isto se insere nos próximos filmes do MCU como Doctor Strange in the Multiverse of Madness e Captain Marvel 2, não tenhad medo. Aqui está um resumo completo das grandes revelações do final e a razão pela qual aquelas duas cenas pós créditos são tão significativas.


O Destino de Vision e a Família de Wanda


WandaVision é, em última análise, uma série sobre o confronto com a dor, e é apenas apropriado que a história de Wanda termine com uma nota muito agridoce. Ela é capaz de vencer a Agatha no seu próprio jogo e libertar o seu sufoco mágico sobre os residentes de Westview, mas perde toda a sua família no processo. Dadas as suas origens não naturais, nem Vision nem os seus filhos podem existir fora do Hex. Com o Hex desaparecido, o mesmo acontece com aquele reflexo do Vision original e dos dois filhos que nunca foram completamente reais em primeiro lugar.


O que aconteceu ao White Vision?


Nada disto quer dizer que não vamos ver estas personagens em futuros projectos do MCU. Por um lado, sabemos que o White Vision reconstruído pela SWORD ainda existe. A recriação do Vision de Wanda foi capaz de desbloquear as memórias adormecidas contidas na mente da sua contraparte. Este Vision lembra-se agora de tudo até ao ponto em que ele foi morto em Avengers: Guerra Infinita. Mas, como provavelmente veremos, recuperar essas memórias é apenas parte da equação. Este Vision é um ser frio e sem emoções, muito semelhante ao Vision Branco que foi introduzido no universo da banda desenhada da Marvel. Como salientou o Vision da Wanda ao referir-se à experiência de pensamento do navio de Theseus, o Vision Branco não é verdadeiramente o Vision original porque lhe falta a humanidade e a complexidade emocional que define este ser sintético único. As moléculas físicas e as memórias estão lá, mas a humanidade ainda está ausente. A questão é se White Vision pode recuperar essa humanidade perdida através do tempo e da experiência.

white vision vision branco

Então e o Billy e o Tommy?


Quanto a Billy e Tommy, é amplamente especulado que as duas personagens regressarão como adolescentes num futuro projecto de Young Avengers (seja uma série Disney+ ou um filme). Na banda desenhada, Wanda é também forçada a desistir dos seus filhos gémeos depois de saber que foram criados a partir de elementos do diabo Mephisto. Só muito mais tarde é que se revela que as suas almas são libertadas e ambas são reencarnadas em novos corpos. Embora o final pareça dissipar toda e qualquer teoria sobre Mephisto ser o vilão secreto por detrás dos acontecimentos em Westview, parece seguro assumir que Billy e Tommy sofrerão uma transformação semelhante no MCU. Provavelmente voltarão como Wiccan e Speed, juntando-se a pessoas como Kate Bishop e Cassie Lang da parte dos Young Avengers.

wandavision tommy and billy

Pietro Maximoff ou Ralph Bohner?


Desde que Evan Peters apareceu na cena final do Episódio 5, os fãs da Marvel têm-se perguntado uma coisa - será que Peters está realmente a interpretar o Quicksilver do universo X-Men da Fox, ou será ele algum tipo de impostor? Mais concretamente - será o Quicksilver um prenúncio de mais crossovers entre o MCU e o X-verse?


Infelizmente, não parece ser esse o caso. O final revela que "Pietro" é o Ralph a quem a Agnes tem vindo a aludir desde o início. O seu verdadeiro nome é Ralph Bohner. Quando Darcy disse que Wanda " recast" Pietro, ela estava certa. Ralph é literalmente um actor, um dos muitos residentes de Westview com o azar de ser recrutado para a falsa realidade de Wanda. O facto de a Marvel lançar Peters no papel parece ser mais um engano do que um sinal de que os limites entre o MCU e o X-verse estão a quebrar.


Em retrospectiva, a representação dos poderes de velocidade de Ralph parece ter sido a pista indicadora de que isto não é na realidade o Quicksilver da Fox. Ele pode parecer-se com esse Quicksilver, mas o trilho azul de velocidade consiste puramente no Quicksilver do MCU. Wanda (ou Agatha) imbuiu o seu vizinho com os poderes do seu falecido irmão, e depois Agatha manipulou Ralph para os seus próprios fins.


Vamos ver mais de Ralph no MCU? Provavelmente não, mas tudo é possível. Há sempre uma hipótese de a Marvel voltar a oscilar e revelar que o Ralph é na realidade o Quicksilver da Fox. Mesmo que não, podemos descobrir que Ralph reteve os seus poderes de velocidade após o colapso do Hex. Isso abriria o caminho para Peters interpretar um Quicksilver no MCU, mesmo que não seja o mesmo dos filmes dos X-Men.

wandavision ralph

O futuro da Agatha no MCU


Agatha Harkness revelou-se a coisa mais próxima que a série tem de um vilão principal. Mas ao contrário da maioria dos vilões do MCU, a Agatha sobrevive efectivamente à batalha final. Tem um destino muito pior à sua espera. Quando a série termina, Agatha é a única pessoa em Westview ainda presa na falsa realidade de Wanda, condenada a viver a sua vida como Agnes, a vizinha intrometida. Dado que Agatha é basicamente uma bruxa que está viva há séculos, não temos forma de saber quão curta ou longa essa vida pode ser.


O final indica que Wanda acabará por regressar a Westview para consultar a Agatha, muito mais conhecedora de magia. Isto sugere que a dinâmica entre as duas personagens acabará por mudar numa direcção mais inspirada nas BD. Normalmente, Agatha é retratada como a mentora sobrenatural de Wanda. Se há uma conclusão a retirar deste episódio, é que Wanda está a precisar desesperadamente de um professor.


É também interessante notar que Agatha descreve-se como alguém que retira poder àqueles que não o merecem. É difícil não ser recordado de Karl Mordo, de Chiwetel Ejiofor, do Dr. Strange. Esse filme termina com um Mordo desiludido que se afasta da sua ordem e embarca numa busca para eliminar todos os feiticeiros indignos do mundo. Poderíamos facilmente ver um cenário em que Mordo encontra um aliado com o mesmo espírito semelhante em Agatha. Em troca de a libertar da prisão de Wanda, Agatha pode concordar em ajudar Mordo a eliminar os seus inimigos em comum. Isso poderia ser um ponto-chave de enredo em Doctor Strange in the Multiverse of Madness. Se Mordo quiser abater o mundo dos mágicos indignos, pode ver Wanda como a mais indigna de todos eles.

agatha wandavision

The Darkhold e Doctor Strange 2


Falando de laços com o próximo filme do Doutor Estranho, obtemos algumas pistas bastante importantes sobre como a WandaVision estabelece os eventos de Doctor Strange in the Multiverse of Madness. O final confirma uma teoria em torno da série, uma vez que ficamos a saber que Agatha está de facto na posse do Darkhold. Esse livro sobrenatural também desempenhou um grande papel nos Agents of SHIELD e Runaways, embora não esteja claro se se trata do mesmo livro ou de uma reprodução. Ou, já agora, se este é mais um prego no caixão da ideia de que aqueles projectos anteriores da Marvel TV estão ligados ao MCU em primeiro lugar. O livro certamente não se parece muito com as outras versões.


Independentemente disso, podemos quase de certeza esperar que o Darkhold desempenhe um grande papel no Doctor Strange 2. A cena de créditos finais revela os lados em conflito de Wanda Maximoff, com a forma física de Wanda a desfrutar da sua solidão pacífica enquanto o seu astral estuda de forma febril o livro com o objectivo de trazer Billy e Tommy de volta à vida. Não está claro se esses gritos são invenções da mente torturada de Wanda ou se as almas de Billy e Tommy estão realmente presas algures no limbo. Inferno? A Dimensão dos Sonhos? O verdadeiro Limbo? Todos os três são reinos que poderíamos ver em Doctor Strange no Multiverso da Loucura.


Esta técnica de leitura rápida é semelhante à empregada por Stephen Strange. Wanda pode recorrer a Strange como o próximo passo na sua busca para melhor compreender os seus poderes e encontrar a chave para restaurar os seus filhos. Em alternativa, Strange pode ser quem a procura. Certamente que o Feiticeiro Supremo tomou conhecimento do que se passou em Westview, e pode perceber que Wanda é alguém extremamente perigoso se os seus poderes não forem devidamente treinados e concentrados.


Podemos muito bem ver Strange servir como o mentor de que Wanda tanto precisa. Mas esperamos que haja bastante atrito nessa relação, particularmente enquanto Wanda tenta aproveitar o poder do Darkhold e Strange insta-a a respeitar as leis e normas do mundo mágico. Dependendo de como o filme se desenrola, Wanda pode acabar por se tornar a verdadeira vilã do Doctor Strange no Multiverso da Loucura. Agatha disse-nos que o poder da Bruxa Escarlate excede o do Feiticeiro Supremo.

dr strange

Claro que agora temos mais teorias do que certezas, mas isso também faz parte da expeculação e da nossa vontade de ver personagens bem elaboradas. Contudo, apenas nos resta aguardar, e talvez as próximas séries da Marvel venham trazer uma nova luz sobre estas ideias.


Achas que a Wanda será a vilã de Dr. Strange 2? Ou será outro ser, talvez vindo de um lugar mais quente? Diz-nos nos comentários.