Buscar

Ubisoft está a trabalhar num jogo de mundo aberto de Star Wars

O teu apoio ajuda a manter o site online e a crescer ainda mais. Podes apoiar através do nosso Patreon, do Buy me a Coffee ou através de um Donativo. Obrigado pelo apoio!

A Ubisoft está a desenvolver um jogo de mundo aberto da Guerra das Estrelas, em associação com a recém criada Lucasfilm Games. A produção fica a cargo da Ubisoft Massive, o estúdio por detrás de The Division.


De acordo com a Wired, não foram revelados mais detalhes, e a Massive ainda se encontra a recrutar para o projeto. O jogo irá utilizar o motor de jogo Snowdrop, o mesmo de Division 1 e 2, e será o diretor de Division 2 a liderar o novo projeto da guerra das estrelas. Para já, também não há qualquer indicação sobre se o jogo será single ou multiplayer, em que linha temporal do universo da Guerra das Estrelas se irá desenrolar, nem quando será lançado.


Yves Guillemot, CEO da Ubisoft, apenas disse que o jogo vai ser "Uma aventura original da Guerra das Estrelas, diferente de tudo aquilo que foi feito até agora." A Lucasfilm também adiantou que todos os jogos da Guerra das Estrelas vão continuar a ser tratados como cânones, tal como os spin-offs, séries e livros da saga.


Ainda durante esta semana, foi anunciado que todos os jogos da Guerra das Estrelas seriam agrupados debaixo da mesma marca, a Lucasfilm Games.


Em 2013, a EA e a Disney anunciaram um acordo de licenciamento, que deu à EA os direitos exclusivos de publicação dos jogos da Guerra das Estrelas. Esse acordo aparentemente foi alterado, embora a EA continue a serum "parceiro estratégico e importante para a Disney", de acordo com Sean Shoptaw, vice-presidente sénior do departamento de Jogos e experiências interativas da empresa.


O artigo da Wired refere que a Disney está aberta a propostas de produtoras para desenvolver videojogos baseados nas suas propriedades, embora Douglas Reilley, vice-presidente da Lucasfilm Games, tenha deixado claro que a palavra final irá caber sempre ao seu estúdio.


Do acordo com a EA resultaram jogos como Star Wars: Battlefront 1 e 2 pelas mãos da DICE, Star Wars: Jedi Fallen Order da Respawn Entertainment e Star Wars: Squadrons da EA Motive. Outros projetos não tiveram tanto sucesso, como o caso de Project Ragtag, que estava em desenvolvimento no agora defunto Visceral Games.