Buscar

The Flash: Cyborg, interpretado por Ray Fisher, é removido do filme

O teu apoio ajuda a manter o site online e a crescer ainda mais. Podes apoiar através do nosso Patreon, do Buy me a Coffee ou através de um Donativo. Obrigado pelo apoio!

O papel de Cyborg, interpretado por Ray Fisher, foi removido do guião do filme The Flash e, até ao momento, não há planos para dar o papel a outro ator.

De acordo com The Wrap, fontes com conhecimento da causa alegam que a personagem de Cyborg foi removida de forma total do guião do filme. Tal significa que o cameo foi cortado e que o papel do super-herói não irá para outro ator, embora a participação de Fisher já estivesse planeada desde 2016.


A notícia surge tempos depois de Fisher ter afirmado, na Variety, que não irá voltar a trabalhar com a DC Films, enquanto Walter Hamada for presidente da companhia, acusando-o de permitir comportamentos inapropriados, e de prejudicar a investigação sobre os problemas que ocorrem nos bastidores de Liga da Justiça.


Uma semana depois das declarações de Fisher, foi anunciado que Hamada renovou o seu contrato com a DC, mantendo-se na posição de presidente da companhia até 2023.


Walter Hamada foi colocado em dúvida, depois de Fisher o ter acusado e mais dois executivos de topo de permitir a existência de um ambiente de trabalho tóxico, por parte de Joss Whedon, que assumiu a cadeira de realizador depois da saída de Zack Snyder em 2017. Nessa altura, Hamada ainda não era o presidente da DC Films.


Embora Cyborg, de Fisher, não marque presença em The Flash, o mesmo irá estar de volta na versão de Zack Snyder de Liga da Justiça, que deverá estrear em março, na HBO Max.


Os restantes cameos do filme parecem estar assegurados.


The Flash tem data de estreia marcada para 4 de novembro de 2022, depois de ter sido adiado.