Buscar

Star Wars: Felicity Jones quer voltar a interpretar Jyn Erso e tem algumas ideias



Há que tomar a iniciativa!

Jyn Erso por Felicity Jones

Felicity Jones está interessada em interpretar Jyn Erso novamente num futuro projecto de Star Wars. Jones juntou-se à galáxia longínqua e distante em 2016, enquanto protagonizava o seu primeiro filme no universo de Guerra das Estrelas, mais propriamente, Rogue One: A Star Wars Story, um spin-off da franquia. O filme enquadra-se mesmo antes de A New Hope e mostrou como a Rebelião rouba os planos da Estrela da Morte, assim como os sacrifícios heróicos que foram necessários para alcançar este objectivo.


Soilers para quem ainda não viu Rogue One!!!!


Foi aqui que o público conheceu Jyn Erso, uma líder natural e filha de Galen Erso - o homem que concebeu uma falha fatal na Estrela da Morte. Depois de ela concordar relutantemente em ajudar os rebeldes, Jyn liderou o grupo "Rogue One" e desempenhou um papel instrumental na derrota final do Império. Contudo, Jyn nunca chegou a ver esta vitória, pois ela e o resto da sua equipa morreram no final do Rogue One. Jyn encontrava-se nas praias de Scarif quando a Estrela da Morte atacou o planeta e, aparentemente, morreu do ataque ao lado de Cassian Andor (Diego Luna). Apesar deste final, Jones quer fazer mais.


Numa recente entrevista com a THR, Jones foi questionada sobre um possível regresso como Jyn Erso num futuro projecto de Star Wars. Inclusive, a Disney e a Lucasfilm têm uma opção de contrato sobre Felicia Jones que pode ser usada para a trazer de volta como Jyn. Quando lhe perguntaram sobre se faria uma sequela do Rogue One, Jones brincou que a reencarnação poderia ser possível em Star Wars antes de dizer: "Sinto que há um assunto inacabado para Jyn, com certeza".


A actriz até surpreendeu ao dizer que tem em mente uma ideia específica de como Jyn deve regressar:

Penso que seria fascinante vê-la a envelhecer e a lutar contra as forças negras no universo, parece haver muitas ao que parece.
Jyn Erso por Felicity Jones

O regresso proposto por Jones para Jyn Erso seria certamente interessante, sobretudo porque significaria que ela sobreviveria a Rogue One. Não faltam fãs do filme e do retrato de Jones sobre Jyn, mas esta revelação poderia dividir os fãs. Por melhor que pudesse ser contar mais histórias com Jyn Erso no futuro, a sua sobrevivência poderia eliminar algum do peso emocional do final de Rogue One.


Se a Jones quiser realmente voltar a interpretar Jyn Erso, a sua melhor aposta poderá ser numa série Disney+. Lucasfilm já está a fazer uma série de prequela de Rogue One para Cassian Andor e K-2SO. Não faria sentido para Jyn aparecer nessa série uma vez que nunca se conheceram antes de Rogue One, mas isso não significa que Jyn não possa estrelar numa série própria. Há um período de cinco anos antes de Rogue One em que Jyn está sozinha, depois de Saw Gerrera a ter abandonado, que poderia ser a base para uma série Disney+ a solo, embora algumas histórias durante este tempo já tenham sido contadas noutros materiais canónicos. Ela poderia até ser apresentada numa sequela de Han Solo ou numa série Spinoff ou em qualquer outra série que anteceda a trilogia original. Há muitas opções para mais histórias de Jyn Erso em Star Wars; é simplesmente uma questão de os estúdios descobrirem o melhor caminho e fazerem-no acontecer.