Buscar
  • PM

Moon Knight - Episódio 4 Explicado: Análise, Referencias e Easter Eggs

Atualizado: 1 de mai.

O episódio 4 do Cavaleiro da Lua é um misto de Tomb Raider, com Indiana Jones e com super-poderes pelo meio. Eis todos os easter eggs e referências que encontrei.

 


ATENÇÃO: ESTE ARTIGO CONTÉM SPOILERS PARA O EPISÓDIO 4 DE MOON KNIGHT!!!!


Moon Knight continua a apresentar uma série muito diferente do que estamos habituados no mundo Marvel e após a loucura da semana passada, Steven Grant (Oscar Isaac) junta-se à esposa Layla (May Calamawy) numa caminhada pelo túmulo de Ammit, encontrando sacerdotes mortos-vivos, revelações chocantes, e um sarcófago inesperado. Embora a sua expedição tenha sido bem sucedida, Arthur Harrow acaba por matar Marc Spector dentro da câmara funerária de Alexandre o Grande.


O ato final do episódio 4 de Moon Knight tem então lugar dentro de um hospital psiquiátrico. Embora ambos os cenários contenham muitas referências ao MCU, a cena do Moon Knight no hospital é a que contém maior número de nuances nos episódios anteriores.


Aqui estão as referências ao resto da Marvel no episódio 4 de Moon Knight, apropriadamente intitulado "A Tumba".


DEUSES PRESOS INDICAM POSSÍVEL FUTURO

O episódio 4 de Moon Knight abre com o recém-impresionado Khonshu escoltado para o seu lugar de descanso. E a série volta a usar uma tendência no que toca à câmera como nos outros episódios, que é uma metáfora para o estado mental de Marc Spector, não tendo um foco preciso, e estando numa constante luta de dualidades.


No entanto, à medida que a câmara se afasta, conseguimos ver uma parede inteira cheia de estátuas de deuses egípcios presos. Moon Knight não fornece suficiente material para perceber quem poderiam ser estas divindades travessas, mas grandes figuras como Anúbis não estavam presentes durante a cena de congregação do episódio 3, sugerindo que poderiam ter sido colocadas dentro do seu próprio Ushabti.


Outra possibilidade que pode estar aqui presente, é Rama-Tut, a variante de Kang (embora ele seja um faraó, não um deus), mas a estátua ushabti que mais se destaca na abertura do episódio 4 do Cavaleiro da Lua é a pequena - metade da altura de todas as outras. Da mitologia egípcia, esta é muito provavelmente Bes - uma personagem também encontrada em banda desenhada Marvel, e um aliado de Thor Odinson.


O ESCARAVELHO INDICA O CAMINHO PELA FRENTE

Os escaravelhos têm desempenhado até agora um papel significativo em Moon Knight, e não é de admirar ver um escaravelho surgir quando o episódio 4 retoma a Steven e Layla no deserto. É possível que este besouro esteja talvez a perseguir Layla considerando uma segunda ligação entre ela e um escaravelho mais tarde no episódio.


O SIMBOLISMO DA CABRA

Voltando ao episódio 2 do Moon Knight, Steven Grant encontrou uma cabra enquanto desfrutava de um passeio pela aldeia de culto de Arthur Harrow. Neste episódio, enquanto ele e Layla se aventuravam por um desfiladeiro em direção ao túmulo de Ammit, um bode observava sinistramente o duo.


Isto pode ser apenas uma brincadeira da produção em torno das cabras, que não vale a pena explorar, mas também pode ser algo mais profundo? Talvez um presságio da chegada do deus egípcio com cabeça de bode? Khnum serás tu?


Este animal também pode ter aqui outro simbolismo, porque as cabras representam em muitas culturas o desejo, a energia criativa, a alegria, a tranquilidade, a aspiração e a fé. E com isto, podemos deduzir que significa o que Steven sente por Layla neste momento. Porque todos os pontos que a cabra simboliza, estão representados neste momento em Steven.


SACERDOTE ZOMBIE EXPLICADO

Invadindo o túmulo de Ammit, Steven Grant e Laila Croft (calma, foi só uma piada, não é o nome dela), encontram um sacerdote de Heka. Heka é o deus egípcio da magia, e os sacerdotes retratados no Moon Knight são os seus seguidores.


Embora qualquer ligação à história da banda desenhada da Marvel seja superficial, existe um Heka-Nut em Mystic Arcana Magic #1 - um feiticeiro adornado com trajes semelhantes à versão vista no episódio 4 do Cavaleiro da Lua.


PASSADO REVELADO

O Moon Knight tem dado repetidamente a entender o passado negro de Marc Spector - alguma ligação com a morte do pai de Layla. O Episódio 4 vê finalmente Arthur Harrow confirmar que Marc fazia parte da equipa de mercenários que atacou o local de escavação arqueológica do pai de Layla e matou todos os presentes.


Mais tarde, Marc revela que apesar de estar lá durante o ataque, ele não tinha cometido o ataque, na verdade tentou impedi-lo e acabou por quase morrer.

Aqui, o Moon Knight adapta totalmente a origem da banda desenhada de Marc.


No material de origem da Marvel, ele invadiu o local ao lado de um colega mercenário chamado Bushman que foi longe demais e começou a matar os arqueólogos. Indignado com o seu parceiro, Marc tentou parar Bushman e foi alvejado em resposta. O mesmo provavelmente aconteceu no MCU, levando Marc Spector a tornar-se o avatar de Khonshu.


ALEXANDER THE GREAT PODE TER UMA LIGAÇÃO A ZEUS E TALVEZ KANG

Steven Grant está espantado por saber que o túmulo de Ammit contém de facto o corpo há muito perdido de Alexandre o Grande, e enquanto os fãs saberão o seu nome a partir dos livros de história, o Sr. Great também desempenha um papel fundamental no cânone da Marvel.


Como o nome já implica, Alexandre o Grande não era conhecido pela sua humildade, e proclamou-se o filho de Zeus. Russell Crowe irá em breve retratar o deus grego em Thor: Love & Thunder, pelo que é possível que o MCU desenhe esta mesma ligação, com Alexandre, o filho meio-humano do personagem de Crowe.


A estreia no MCU de Alexandre o Grande (o que resta dele) pode também estabelecer uma ligação com Kang o Conquistador, o vilão que apareceu no final de Loki. Durante a cruzada de Kang nas comics, ele recorre ao histórico governante macedónio como inspiração, lamentando-se quando fica sem mundos para conquistar.


A CENA DO HOSPITAL É BASEADA NAS COMICS

Após Harrow matar Marc, este parece entrar num mundo fictício, ou na verdade, pode não ter entrado de todo. E é neste momento que o episódio 4 do Cavaleiro da Lua dá uma reviravolta, colocando a dúvida na nossa mente, do que é real ou não. A cena do hospital parece ter lugar dentro da mente de Marc Spector, o que seria retirado diretamente da série de banda desenhada de Jeff Lemire de 2016.


Nesta cena, Ammit força Marc a acreditar que é um paciente numa instituição de saúde mental, e as suas aventuras como "Cavaleiro da Lua" foram apenas fabricações imaginárias.


Mas a dúvida agora persiste, será os eventos que aconteceram uma imaginação, ou será a cena no hospital uma fabricação da mente de Marc. A linha entre os dois, é bastante tênue neste momento, e temos mais perguntas que respostas.


TODOS OS PERSONAGENS ESTÃO DE VOLTA, MAS NO HOSPITAL


O bando inteiro regressa para a cena do hospital. Donna, a supervisora de Steven Grant no museu, é uma paciente, e Crawley a estátua humana chama por números de bingo e pode dizer-se que ganha voz agora.


Bobbi e Billy, os lacaios de Arthur Harrow, são ambos enfermeiros do hospital, e isto é especialmente interessante uma vez que os personagens originais da banda desenhada foram retratados com o mesmo disfarce.


Bek, o capanga que Layla lutou no episódio 3, é outro funcionário, enquanto a própria Layla se encontra entre os colegas pacientes de Marc. Previsivelmente, Arthur Harrow é o psiquiatra de Marc, mas o mais importante de tudo, uma Gus, o Peixe-dourado está também aqui presente.


A LIGAÇÃO DE CADA UM AOS EPISÓDIOS ANTERIORES

À medida que o episódio 4 faz uma visita guiada através de uma sala de espera do hospital cheia de referências aos episódios passados. A diversão começa com um paciente a resolver um cubo de Rubik - uma referência ao episódio 1, quando Steven estava desesperadamente a tentar manter-se acordado, e tentava fazer o cubo provavelmente todas as noites.


Atrás do homem que está a fazer o cubo, podemos ver ao que parece a antiga colega de Steven. Vocês sabem, aquela que ele convidou para sair, e que depois a deixou pendurada.


A seguir vemos Billy, que está perto de um carrinho com comida para os pacientes. Nesse carro vemos 3 taças de fruta muito parecidas, o que poderá também ser uma referência às três personalidades de Marc.

Após isso, Billy dirige-se para outro paciente, e reconhecemos logo que era a supervisora de Steven enquanto este trabalhava no Museu. O fato de Donna abraçar um peluche de escaravelho parece ser uma referência a duas níveis - por um lado pode ser uma referência à bússola de escaravelho pela qual Steven lutou com Arthur Harrow, e por outro lado pode ser uma referência aos brinquedos de peluche do museu de Londres.


Atrás de Dona podemos ver um relógio, mas estranhamente, o relógio atrás de Donna tem dois ponteiros grandes - e um tem a forma do bastão da lua crescente de Khonshu. Outro fato curioso sobre este relógio, é que podemos ouvir o som dos ponteiros com o passar dos segundos, mas os ponteiros no relógio não mexem. O que pode indicar que estamos de fato num mundo imaginário.


De seguida vemos o antigo segurança de Anton, cujo esse podia ser o Midnight Man, como disse no episódio anterior, e este empurra também um carrinho de comida que não existe em hospital nenhum, posso garantir isso. Nenhum hospital no mundo deve ter este tipo de comida no menu. Ora mas estes cupcakes podem ser um easter egg para a carrinha que Marc usa para fugir a Harrow no primeiro episódio.


Depois vemos um dos seguidores de Harrow a tomar conta das plantas, assim como vimos o mesmo a fazer no episódio 2.


E no rodar de câmera, podemos ver a senhora que fez o passaporte de Layla também no episódio 2. Um fato curioso sobre esta, é que ela está a fazer um desenho que conseguimos ver, nos poucos segundos que passa no ecrã, ser a cabeça de Khonshu. Mostrando que o mesmo está sempre presente, apesar de neste momento estar impressionado em pedra.


Na fração de segundo seguinte, parece que conseguimos ver a velhota que assusta Steven no primeiro episódio, quando esta estava a entrar no elevador. E que a Marvel mantém a tradição de nos mostrar que não podemos confiar em senhoras de idade.


De seguida, vemos o reflexo de Marc, mas desta vez não passa de um reflexo, porque Steven está preso num sarcofago, como vemos mais à frente. Ao lado do reflexo, também vemos Gus, o que mostra a importância que este peixe tem na vida de Marc. E este tem apenas uma barbatana. Portanto, não é o substituto do episódio 2.


O foco no reflexo de Marc é interrompido por Layla a colocar uns postais num quadro, que também mostra ser uma paciente neste hospital. De volta ao episódio 1, Steven falou ao telefone com a sua mãe sobre receber outro dos seus postais de férias. As fotografias que a Layla afixa no quadro do hospital são extremamente semelhantes - e também estão perto do aquário do Gus, tal como estavam no apartamento de Steven.


Um detalhe interessante em Layla, está presente no seu dedo mindinho. Quando a Layla puxa a mão ao queixo e se aproxima da cara de Marc perguntando: "Assustei-te?" podemos reparar no escaravelho vermelho pintado na ligadura dos seus dedos. Isto pode ser uma referência ao personagem das bds Scarlet Scarab, potencialmente antecipando a sua introdução mais tarde na série de Moon Knight. A ligadura de Layla também se liga ao escaravelho visto no topo do episódio.


LAYLA PODE GANHAR UM NOVO DESTAQUE NO FUTURO

Mas deixa-me explicar melhor quem é o Scarlet Scarab. O nome real de Scarlet Scarab é Abdul Faoul que é muito parecido ao nome de Layla, como se deve lembrar do nome completo dela, Layla Abdullah El-Faouly. Ora, vou criar já aqui uma teoria e dizer que Layla pode vir a tornar-se uma versão desse personagem no MCU.


Nas bandas desenhadas, o Scarlet Scarab tentou impedir o controlo do império britânico, no Egipto, e liderou um grupo chamado “Sons of the Scarab” (Filhos do Escaravelho), e vestia umas roupas semelhantes às dos antigos egípcios, referindo-se a si mesmo como os modernos servos dos antigos faraós, e tendo em conta que o nome do meio de Layla significa “servo dos deuses”, podemos estar perante uma adaptação deste personagem para o futuro de Moon Knight.


Nas comics, o Scarlet Scarab, foi depois impedido pelos Invaders, liderados pelo Capitão América, que eram a equipa original dos Vingadores. Mas mais tarde o Scarlet Scarab tornou-se um aliado e ficou como protetor do Egipto.


O MESMO DESAJEITADO DE SEMPRE

Ao tentar deixar a sua cadeira de rodas, Marc é abortado por uma braçadeira no tornozelo e cai virado para baixo no chão. Tanto a braçadeira como a forma da queda de Marc remetem para os primeiros episódios do Moon Knight no apartamento de Steven Grant. Lembram-se de quando Steven saltou da cama e tropeçou imediatamente? Este foi o mesmo caso.


DR. HARROW AO SEU SERVIÇO

Muitos pormenores ligam o personagem ao psiquiatra de Dr. Harrow ao Arthur Harrow que vimos antes em Moon Knight. O médico começa por citar a famosa frase de Carl Yung sobre as árvores que sobem ao céu ou descem às profundezas do inferno.


Esta é uma analogia de como Harrow usa o seu bastão para julgar a alma de uma pessoa. A pintura da paisagem no seu escritório, entretanto, é a mesma cidade na montanha em que Harrow apareceu pela primeira vez durante o episódio 1 de Moon Knight, e o gosto de Arthur pelo vilão do filme "Tomb Buster" confirma o seu próprio estatuto de mauzão.


Por fim, a bengala do médico é uma troca directa pelo bastão mágico de Ammit, e podemos ver muita presença da deusa egípcia no seu consultório, a qual está presente em toda a decoração.


MAIS UMA REFERÊNCIA A JAKE LOCKLEY

Ao tentar escapar pelo hospital, Marc Spector encontra Steven Grant preso dentro de um sarcófago. Ao percorrer o corredor juntos, a dupla passa por um segundo sarcófago, enquanto a pessoa dentro se esforça para fugir. Esta é certamente a terceira personalidade de Marca, que tem vindo a ter várias indicações da sua existência nos episódios recentes - muito provavelmente essa personalidade será Jake Lockley.


E uma curiosidade que tenho vindo a pensar sobre a apresentação das personalidades, tem muito haver com os fatos. Ora, nas comics, Moon Knight, Mr. Knight, assim como Marc Spector, Steven Grant e Jake Lockley, são todos apresentados como personalidades diferentes de Marc, mas na série não é bem o caso.


Como já percebemos por esta altura, a versão de Moon Knight apenas existe quando Marc está em poder, enquanto que o Mr. Knight apenas aparece quando é Steven a tomar conta das rédeas. O que me leva a pensar qual será a versão de "super-herói" que Jake Lockley apresentará. Talvez um visto entre os dois fatos, ou talvez um completamente diferente.


Depois de pensar no tema, acho que a Marvel é capaz de apresentar a versao heroi de Jack Lockley como a versao do Moon Knight de Marc, mas ao inves de ter um fato todo branco, acho que vao optar por dar a mascara preta a Jake, inspirando-se assim nas comics dos anos 2000 e mostrando o lado mais negro que esta personalidade tem. Um lado mais macabro e sombrio.


A ESTREIA DE MAIS UM DEUS

Os easter eggs do episódio 4 terminam com a cena do hipopótamo - a estreia surpresa da deusa egípcia Taweret.


A sua chegada foi insinuada nas primeiras cenas do episódio 1 do Moon Knight, quando Donna pediu a Steven para passar uma caixa de brinquedos hipopótamos, apenas para que ele a corrigisse, apontando que na realidade era Taweret.


Na religião egípcia antiga, Taweret é a deusa protectora do nascimento e da fertilidade, mas também era responsável por ajudar as almas que partiam do mundo dos vivos, a atravessar o caminho até ao eterno descanso, o que também pode querer indicar o seu verdadeiro significado da sua aparição no fim do episódio. Ela pode estar aqui presente apenas porque Marc levou dois tiros no peito, e provavelmente está morto. E se assim for, então toda a cena do hospital, representa o pós-vida e a imaginação.


Ora e assim chego ao fim a análise ao quarto episódio de Moon Knight, espero que tenhas gostado e que tenhas percebido algo novo com esta explicação. Se descobriste algo mais, diz-me nos comentários.


Vê Também: Doctor Strange no Multiverso da Loucura: Análise ao Póster - Todas as Referências e Easter Eggs!

Se quiseres falar sobre qualquer coisa geek, podes falar comigo, através do twitter do @tretasdocromo, sobre isto ou qualquer coisa sobre a DC, Marvel, Star Wars, The Witcher e mais temas geeks.

 

Sobre o autor do artigo:

Geek a tempo inteiro, PM é o fundador do projeto Tretas do Cromo. Podes segui-lo no Instagram em @senhor_pm, no twitter em @senhor_pm ou no facebook em @senhorpm.

 

O teu apoio ajuda a manter o site online, podes ajudar com uma das seguintes opções: