Buscar
  • PM

Joe Manganiello ainda alimenta a esperança de um filme de Deathstroke

O teu apoio ajuda a manter o site online e a crescer ainda mais. Podes apoiar através do nosso Patreon, do Buy me a Coffee ou através de um Donativo. Obrigado pelo apoio!

Joe Manganiello espera que o filme a solo Deathstroke, cujo foi descartado, possa ser reavivado pela aparição de Slade Wilson na Liga da Justiça, ou se preferirem, na Snyder Cut. O ano passado foi uma montanha-russa e tanto para os fãs da DC, com o anúncio da versão original de Zack Snyder da Liga da Justiça a caminho da HBO Max no próximo ano, sendo apenas o início de um rebuliço de desenvolvimentos de filmes da DC. Entre eles encontram-se o número de elementos do elenco do DCEU que tinham cessado ou que aparentemente tinham sido afastados dos seus respectivos papéis apenas para fazerem inesperados retornos e, em alguns casos, chocantes nos últimos meses, com o Deathstroke de Manganiello a estar entre eles.


Após o seu cameo no final da Liga da Justiça, o Deathstroke de Manganiello pretendia ser o principal vilão do filme a solo de Ben Affleck, mas a saída de Affleck do papel levou-o a mudar de mãos para o realizador Matt Reeves e Robert Pattinson, tornando-se este o novo "Caped Crusader." Para além do seu envolvimento no filme do Batman de Affleck, um filme a solo de Deathstroke também estava em desenvolvimento, acabando por se juntar aos muitos projectos do DCEU a desaparecer lentamente. Contudo, os últimos desenvolvimentos no domínio do DCEU deixaram Manganiello esperançoso de que o filme a solo de Slade Wilson pudesse ter uma segunda vida.


Em conversa com a Yahoo Entertainment, Manganiello comentou o seu recente regresso como Deathstroke para as filmagens extras do Snyder Cut, ao mesmo tempo que disse também "Esperemos que isto revigore o interesse dos fãs ao ponto de querer ver esta versão da personagem ser contada". Manganiello deu mais contexto à natureza do projecto, afirmando: "Aterrámos numa história de origem pela qual todos aqueles para quem a apresentei enlouqueceram".


Embora não tenham surgido detalhes concretos sobre o filme de Deathstroke, Manganiello tem claramente muita confiança no potencial que possuía. Os comentários de Manganiello também indicam que deveria haver algum nível de ênfase nas origens de Slade Wilson. Gareth Evans, bem conhecido por dirigir The Raid films, esteve também em discussões com a Warner Bros. sobre a realização, com Evans a oferecer os seus próprios detalhes sobre o filme no início deste ano.


Resta saber se o filme de Deathstroke acaba por acontecer. Convém salientar que nem a Warner Bros. nem a HBO Max deram sinais públicos de quaisquer planos para desencadear a acção. No entanto, se a DC FanDome de Agosto e a própria Snyder Cut são prova de alguma coisa, é que as possibilidades para o futuro do DCEU são agora ilimitadas.