Buscar

Hitman: IO Interactive tinha recebido propostas de aquisição do jogo

O teu apoio ajuda a manter o site online e a crescer ainda mais. Podes apoiar através do nosso Patreon, do Buy me a Coffee ou através de um Donativo. Obrigado pelo apoio!

A companhia IO Interactive encontra-se numa fase propícia ao sucesso.

Ao longo deste ano já conseguiu lançar o bem-sucedido Hitman 3 e encontra-se - neste momento - a trabalhar num novo projeto focado no agente secreto ao serviço de Sua Majestade. Tudo isto, depois de conquistar a sua independência - ao separar-se da Square Enix.


Atualmente, o estúdio é um dos mais bens sucedidos no mercado e o seu líder - Hakan Abrak - conversou recentemente com os nossos colegas do IGN US. A entrevista incidiu sobre vários temas de interesse mas o que chamou mais à atenção foi a revelação de que existiram algumas propostas de aquisição que podiam ter tornado o caminho do estúdio mais leve mas que ao mesmo tempo poderiam comprometer a visão dos seus responsáveis.

"Existiram alturas em que esteve perto (da falência). Em alguns cenários eu dizia: Temos de decidir encontrar um investidor ou continuar como estamos, mas a nossa visão, tínhamos assumido um risco com a compra da nossa própria empresa."

A IO Interactive - ao tornar-se independente - não se encontrava nas melhores condições financeiras, pois, de acordo com Hakan, tinham "literalmente três meses de liquidez antes de ser obrigados a fechar."

"Para Hitman, em 2016, estávamos convencidos de ter construído uma plataforma em que o que mais importava não era a performance de vendas nos primeiros três a seis meses. Sabíamos que seria uma maratona."

Já jogaste o jogo? Conta-nos tudo nos comentários!

Sempre pronta para explorar uma nova série ou um filme, Liliana assume-se como sendo uma geek a part-time que gosta de desfrutar de um bom enredo. Podes segui-la no Instagram em @lilianapinto28 e no Twitter em @lilianapinto28.