Buscar

Cyberpunk 2077: CD Projekt Red pode sofrer processo

O teu apoio ajuda a manter o site online e a crescer ainda mais. Podes apoiar através do nosso Patreon, do Buy me a Coffee ou através de um Donativo. Obrigado pelo apoio!

Os problemas para o estúdio CD Projekt Red ainda estão longe de acabar, com a possibilidade de vir a ser alvo de um processo legal, sob a acusação de ter enganado os clientes que compraram Cyberpunk 2077, de forma a receber benefícios fiscais.


De acordo com o The New York Times, advogados e investidores polacos estão a analisar a situação, e uma ação judicial contra o estúdio está mesmo em cima da mesa.


Tudo começou quando foi levantado o embargo às análises de Cyberpunk 2077. A CD Projekt Red só enviou a versão de PC do jogo, com um acordo de confidencialidade que não permitiu mostrar imagens capturadas durante o processo de análise.


Não foi preciso muito tempo para que relatos de problemas graves nas versões base da PS4 e Xbox One começassem a surgir, com Cyberpunk 2077 a ter uma performance muito pobre, praticamente impossível de jogar.


A CDPR acabou mesmo por pedir desculpa por não ter mostrado o jogo a correr nas consolas da geração antiga, prometendo reembolsos, que inicialmente não conseguiu garantir. Alguns dias depois a Sony acabou mesmo por remover Cyberpunk 2077 da PS Store, oferecendo um reembolso a todos os jogadores. A Microsoft não removeu o jogo das suas lojas, mas também está a oferecer reembolsos a todos que o compraram.


Como se tudo isto não bastasse as chefias do estúdio têm também de encarar o descontentamento dos seus produtores, "frustrados e irritados" com o rumo que a produção do jogo levou.


Com esta tempestade, o valor na bolsa do estúdio caiu a pique. O fato de ter vendido 8 milhões de cópias em reservas e com isso ter recuperado o valor investido da produção e marketing não foi suficiente para aguentar a confiança dos mercados.


O CD Projekt Red já prometeu que iria continuar a trabalhar nos problemas de Cyberpunk 2077, tendo recentemente lançado o Hotfix 1.05, nas consolas e PC.