Buscar

CD Projekt diz ter aprendido uma "grande lição" com o Cyberpunk 2077

O teu apoio ajuda a manter o site online e a crescer ainda mais. Podes apoiar através do nosso Patreon, do Buy me a Coffee ou através de um Donativo. Obrigado pelo apoio!

A CD Projekt relatou recentemente os seus resultados fiscais de 2020 e, durante a reunião de investidores, reconheceu o lançamento extremamente problemático do Cyberpunk 2077.


A par de não corresponder às expectativas dos fãs, o Cyberpunk 2077 também veio com graves problemas de desempenho em consolas mais antigas, o que levou a Sony a retirar o jogo da sua loja, uma decisão sem precedentes que influenciou as vendas do jogo nas restantes plataformas.

cyberpunk 2077

A CD Projekt tem vindo a concentrar-se, desde o lançamento, na melhoria do jogo através de actualizações e correcções de bugs.


No decorrer de uma reunião, a CD Projekt observou que conseguiu introduzir uma nova propriedade intelectual "na mente dos jogadores de todo o mundo". Para a empresa, o futuro está em construir sobre os pilares do Cyberpunk 2077 e The Witcher. Ainda assim, reconhece os erros que cometeu:

"Nem tudo correu como planeado, foi uma grande lição para nós, que nunca iremos esquecer."

Uma dura lição, mesmo com o Cyberpunk 2077 a vender 13,7 milhões de cópias em 2020 em pouco menos de um mês.


Em termos financeiros, 2020 pode até ter sido o melhor ano para o grupo, mas ainda não foi suficiente para a empresa, que iniciou uma "série de mudanças internas", com base "nas lições que aprendeu até agora".


De modo a recuperar a sua reputação e voltar às boas graças dos fãs, a CDPR já garantiu que passará 2021 a trabalhar em Cyberpunk 2077, concentrando-se em melhorias e no lançamento da sua versão de próxima geração.

Uma gamer de gema desde a sua tenra idade, Mary Jane adora o mundo do gaming, desde a simples injeção da tomada à montagem do seu PC Gaming. Envergonhada por natureza, não gosta de partilhar as suas redes socias, mas responde aos vossos comentários.